Privado Holding vai processar administrações de Rendeiro e Adão da Fonseca


 

Lusa / AO online   Economia   9 de Mar de 2010, 17:33

A Privado Holding avançará com processos nos tribunais contra a anterior e a actual gestão do BPP, bem como os auditores das contas, além das Finanças e do Banco de Portugal, revelou esta terça-feira à agência Lusa fonte oficial da empresa.
A decisão foi tomada na segunda-feira, numa reunião informal que juntou em Fátima os representantes dos principais accionistas da Privado Holding, e será oficializada na próxima assembleia geral de accionistas da empresa, que foi agendada para 29 de Abril, em Lisboa.

"Os accionistas presentes na reunião foram muito críticos com a actual situação do banco e querem responsabilizar a anterior gestão, mas também a actual, ainda que por diferentes razões", realçou a mesma fonte, acrescentando que os participantes no encontro "sentem muita indignação e consideram que foram utilizados, uma vez que ficaram todo este tempo à espera de uma solução satisfatória, com boa-fé".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.