Primeiro romance de JK Rowling para adultos sai a 21 de novembro

Primeiro romance de JK Rowling para adultos sai a 21 de novembro

 

Lusa/AO online   Cultura e Social   22 de Out de 2012, 16:29

"Uma morte súbita", o primeiro romance para adultos da escritora britânica JK Rowling, a editar depois do sucesso da saga juvenil Harry Potter, sairá em Portugal a 21 de novembro, segundo a editora Presença.

O romance, com mais de 500 páginas, teve edição internacional em papel, digital e audiolivro, no final de setembro, com o título "The casual vacancy".

Depois da saga juvenil protagonizada pelo feiticeiro Harry Potter, que a apresentou ao mundo, J.K. Rowling escreveu um romance para adultos, com "um certo humor negro", a partir da morte da personagem Barry Fairweather, que desassossega Pagford, uma pacata localidade inglesa.

O jornal The Guardian descreveu "Uma morte súbita" como um "romance inglês tradicional, um nada 'retro'", enquanto o Daily Mail o considera "um manifesto socialista implacável disfarçado de literatura".

Certo é que, na semana de lançamento, entrou para as tabelas de vendas internacionais, abaixo do sucesso de alguns dos volumes de Harry Potter, mas a par e passo com "As cinquenta sombras de Grey", da escritora EL James.

Numa apresentação do livro, em Londres, no final de setembro, na qual foi recebida como uma "estrela rock", JK Rowling disse que "Uma morte súbita" é um livro diferente da série Harry Potter, com personagens mais contemporâneas e "marginalizadas".

J.K. Rowling, 47 anos, publicou sete livros em torno do jovem feiticeiro Harry Potter, entre 1997 e 2007, que lhe renderam uma fortuna estimada em 740 milhões de euros.

Os livros, traduzidos para 74 línguas e com mais de 450 milhões de exemplares vendidos, foram adaptados ao cinema, com largo sucesso de bilheteira.

Em 2008, a escritora admitiu que terminar a saga de Harry Potter foi mais doloroso que um divórcio.

"Mas foi também maravilhoso parar, respirar e pensar: 'Meu Deus, olha no que deu uma ideia que tive há 17 anos num comboio'", acrescentou na altura a escritora.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.