Primeiro aviso da linha SOS Ambiente dos Açores foi sobre resíduos agrícolas

Primeiro aviso da linha SOS Ambiente dos Açores foi sobre resíduos agrícolas

 

Lusa/AO online   Regional   2 de Jan de 2018, 12:04

A linha SOS Ambiente dos Açores, que entrou em funcionamento no primeiro dia do ano, já começou a receber alertas dos cidadãos, tendo o primeiro aviso sido referente ao depósito de resíduos agrícolas no concelho de Angra do Heroísmo.

De acordo com uma nota hoje divulgada pelo Governo Regional, a ocorrência foi participada por um residente da ilha Terceira e disse respeito "ao depósito de resíduos agrícolas na freguesia da Ribeirinha, concelho de Angra do Heroísmo", tendo o alerta sido classificado como "pouco urgente" e encaminhado para averiguação.

"Todas as ocorrências participadas através desta linha são classificadas em função da sua urgência", sendo avaliadas de nível 1 a nível 4, por ordem decrescente de importância, segundo o executivo. O alerta de Angra do Heroísmo foi classificado com o nível 3.

A linha SOS Ambiente dos Açores pretende ser uma medida para potenciar de forma simples a denúncia por parte dos cidadãos de problemas ambientais de cada uma das nove ilhas açorianas.

Trata-se de uma linha telefónica gratuita - 800 292 800 – que funciona 24 horas, todos os dias do ano, nos Bombeiros Voluntários da Madalena, na ilha do Pico, aproveitando a estrutura já existente na corporação para a monitorização do acesso à montanha, o ponto mais alto de Portugal.

Segundo o executivo açoriano, este novo serviço de atendimento telefónico permanente do Governo dos Açores surge em complemento do serviço ‘online’ “Na minha ilha”, que recebe denúncias relacionadas com incumprimento ou de risco ambiental.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.