Presidentes do parlamento e do governo da Madeira ausentes da cerimónia de assinatura do Tratado


 

Lusa/Ao online   Nacional   13 de Dez de 2007, 06:49

A região autónoma da Madeira faz-se representar hoje na cerimónia de assinatura do Tratado de Lisboa pelos números dois do governo e do parlamento, devido à votação do orçamento e plano para 2008.
Convidados pelo primeiro-ministro, os presidentes da Assembleia Legislativa e do Governo da Madeira, Miguel Mendonça e Alberto João Jardim, respectivamente, justificam a ausência com a sessão do parlamento regional.

    Na cerimónia de Lisboa Miguel Mendonça e Alberto João Jardim fazem-se representar na cerimónia pelos vice-presidentes destes órgãos, Miguel de Sousa e João Cunha e Silva, respectivamente.

    O Tratado de Lisboa, que substitui a Constituição Europeia rejeitada em 2005, será assinado pelos 27 chefes de Estado da União Europeia, marcando a presidência portuguesa da EU que finda a 31 de Dezembro.

    De acordo com o programa, vão intervir os presidentes da Comissão Europeia, Durão Barroso, do Parlamento Europeu, Hans-Gert Pottering, e o presidente em exercício do Conselho Europeu, José Sócrates.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.