Liga de Honra

Presidente do Varzim nega verbas em atraso a Diamantino Miranda


 

Lusa/AO   Futebol   29 de Dez de 2007, 11:51

O presidente do Varzim, Lopes de Castro, afirmou  à Agência Lusa que o clube, da Liga de Honra de futebol, já regularizou as verbas em atraso para com o ex-treinador Diamantino Miranda,
O presidente do Varzim, Lopes de Castro, afirmou  à Agência Lusa que o clube, da Liga de Honra de futebol, já regularizou as verbas em atraso para com o ex-treinador Diamantino Miranda, demitido na quinta-feira.

    As declarações do dirigente poveiro são uma resposta ao técnico, que, em declarações à Rádio Renascença, no dia da sua saída, disse serem "muitos" os meses de salário em dívida à equipa técnica.

    "Apenas estava em falta o vencimento de Novembro e hoje ficou tudo regularizado, porque é assim que se rescinde", precisou Lopes de Castro.

    O presidente poveiro diz-se ainda surpreendido com o facto do treinador ter revelado que decidiu sair do clube antes do encontro no terreno do Feirense, no domingo (derrota varzinista por 3-0).

    "Há alguma necessidade estranha do Diamantino em fazer passar a mensagem de que saiu porque quis, quando foi a direcção que tomou a iniciativa", acentuou.

    Lopes de Castro criticou ainda o "profissionalismo" do técnico, que, em declarações à comunicação social, após a derrota em Santa Maria da Feira, confirmou ter "condições para continuar".

    A revelação, por parte de Diamantino Miranda, de "dois meses e meio" de salários em atraso aos jogadores foi também rebatida, já que o presidente do Varzim garante que foram liquidados esta semana os vencimentos de Novembro.

    Para ocupar o cargo de treinador dos "lobos do mar" há "três nomes" em carteira, sendo um deles o do actual técnico adjunto do FC Porto, Rui Barros. O novo responsável deverá assinar contrato por apenas seis meses.

    O plantel será reforçado em Janeiro com dois jogadores emprestados pela Académica, indo as preferências da direcção poveira para Sarmento e Fofana. Em contrapartida, Pedrinho, que se encontrava cedido temporariamente pelos "estudantes", ruma a Coimbra.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.