Presidente do Governo dos Açores considera que a decisão da Comissão Europeia transmite confiança no país

Presidente do Governo dos Açores considera que a decisão da Comissão Europeia transmite confiança no país

 

Lusa/AO Online   Regional   27 de Jul de 2016, 18:46

O presidente do Governo Regional dos Açores considerou hoje que a decisão da Comissão Europeia de recomendar a suspensão da multa a Portugal transmite confiança na capacidade que o país tem de defender os seus interesses.

 

“Este é um dia de confiança porque permite, no fundo, ao contrário de alguns cavaleiros do Apocalipse que hoje se veem sem montada e apeados, demonstrar a capacidade de efetivamente podermos ter, da parte do relacionamento que existe com a União Europeia, a defesa inequívoca, clara e com sucesso daqueles que são, não apenas os interesses presentes do nosso país, mas sobretudo a defesa do sentido dos sacrifícios que o povo português fez ao longo destes últimos anos”, frisou.

Vasco Cordeiro falava hoje, em Angra do Heroísmo, à margem da assinatura de um protocolo entre o Governo da República e o Governo Regional, com vista ao processo de certificação do aeroporto das Lajes para a utilização permanente pela aviação civil.

Segundo presidente do Governo Regional e líder do PS/Açores, Portugal teve a “competência” para fazer valer os seus interesses e para “fazer valer a razão e o mérito daquelas que têm sido as posições e daquele que tem sido o comportamento que o país tem tido ao longo desta turbulência que nos tem afetado”.

Para Vasco Cordeiro, a decisão da Comissão Europeia reforçou a confiança no funcionamento das instituições e contribuiu para que os portugueses se sintam mais integrados numa União Europeia “que se quer cada vez mais atenta, mais próxima e no fundo mais sensível a esta diversidade que a compõe”.

A Comissão Europeia decidiu hoje recomendar a suspensão da multa a Portugal no quadro do processo de sanções devido ao défice excessivo e apresentará posteriormente uma proposta sobre a suspensão de fundos, anunciou o vice-presidente Valdis Dombrovskis em Bruxelas.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.