Presidente da República já decidiu assistir à final do próximo ano

Presidente da República já decidiu assistir à final do próximo ano

 

Lusa/AO Online   Nacional   4 de Mai de 2017, 13:21

O Presidente da República lamentou hoje não poder marcar presença mais vezes no Estoril Open e prometeu voltar no próximo ano ao Clube de Ténis do Estoril para ver a final.

 

“Venho sempre e tenho pena de não poder vir mais vezes. Para o ano, já decidi, venho à final. Já é o segundo ano em que perco a final e não pode ser”, disse Marcelo Rebelo de Sousa, à chegada ao Estoril Open.

Sobre as expectativas relativas às prestações dos portugueses ainda em competição, o Chefe de Estado assumiu que será difícil que Frederico Silva e Pedro Sousa cheguem longe no único torneio ATP português.

“Vamos ver o que resta, mas é difícil, porque, de facto, é um naipe muito bom de estrangeiros, a lutarem pela subida, muito jovens. Tanto pode correr bem como mal, no ténis é muito aleatório”, sublinhou.

O Presidente da República foi recebido por uma comitiva, que incluía o diretor do torneio, João Zilhão, o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, e o tenista Gastão Elias, que ofereceu uma das suas raquetes ao Chefe de Estado.

“[A raquete é] Leve, leve. Faz-me umas saudades. Comecei ainda com umas de madeira que eram muito pesadas”, recordou, enquanto segurava na mão a raquete oferecida pelo número dois nacional.

Marcelo, que já não joga ténis há 16 anos, poderá dar a sua nova raquete a um dos netos.

“Ele [o neto] joga ténis, não joga excecionalmente bem. Quem joga melhor é a minha segunda neta, a Teresa. Mas o Francisco também”, revelou.

A terceira edição do Millennium Estoril Open decorre até domingo, nos ‘courts’ de terra batida do Clube de Ténis do Estoril.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.