Prémio atribuído aos norte-americanos Alvin Roth e Lloyd Shapley

Prémio atribuído aos norte-americanos Alvin Roth e Lloyd Shapley

 

Lusa/AO online   Economia   15 de Out de 2012, 12:15

O prémio Nobel da Economia 2012 foi atribuído aos norte-americanos Alvin Roth e Lloyd Shapley, anunciou esta segunda-feira a Academia Sueca das Ciências.

O Nobel da Economia foi o último a ser conhecido.

A temporada dos prémios Nobel 2012 começou na passada segunda-feira com o anúncio do Nobel da Medicina, atribuído ao japonês Shinya Yamanaka e ao britânico John Gurdon pelo trabalho na reprogramação de células maduras, que voltaram ao estado estaminal.

Na terça-feira, foi atribuído o Nobel da Física ao francês Serge Haroche e ao norte-americano David J. Wineland "pelos métodos experimentais inovadores que permitem medir e manipular sistemas quânticos individuais" e, na quarta, o da Química aos norte-americanos Robert J. Lefkowitz e Brian K. Kobilka pelos "estudos sobre os recetores acoplados à proteína G".

O Prémio Nobel da Literatura 2012 foi atribuído na quinta-feira ao escritor chinês Mo Yan e o da Paz na sexta-feira, à União Europeia, pelo seu contributo para a paz, a reconciliação, a democracia e os direitos humanos.

Criados em 1895 pelo químico, engenheiro e industrial sueco Alfred Nobel (inventor da dinamite), os prémios Nobel foram atribuídos pela primeira vez em 1901, mas o Nobel da Economia só começou a ser entregue em 1969, numa iniciativa do banco central sueco.

Em 2011, o Nobel da Economia foi atribuído aos norte-americanos Thomas Sargent e Christopher Sims pela sua investigação nas causas e efeitos na macroeconomia.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.