Prazo para entrega do IRS acaba em 01 de junho por 31 de maio ser feriado

Prazo para entrega do IRS acaba em 01 de junho por 31 de maio ser feriado

 

Lusa/AO Online   Economia   29 de Mai de 2018, 08:41

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais anunciou que o prazo para a entrega do IRS termina em 01 de junho, dado 31 de maio ser feriado, e adiantou que quase cinco milhões de portugueses já entregaram as declarações.


António Mendonça Mendes falava à agência Lusa no final da sessão de abertura do 3.º Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais e Aduaneiros, que decorre até terça-feira no Porto.

"O prazo acaba no dia 31 de maio, que é um dia feriado, e nos termos da lei os prazos que terminam em dia feriado passam para o primeiro dia útil seguinte. Por isso, de acordo com lei, o prazo acabará no dia 01 de junho", precisou o governante.

Afirmando-se "convencido de que no dia 01 de junho" o processo estará "completamente concluído", António Mendonça Mendes acrescentou que "quase cinco milhões de portugueses já cumpriram a sua obrigação" de entrega da declaração do IRS, enquanto já foi feita “a liquidação de mais de 90% dessas mesmas declarações".

Sobre o facto de o parlamento finlandês ter aprovado a proposta do Governo de acabar com o acordo fiscal com Portugal, o secretário de Estado confirmou manter-se "um contacto regular com as autoridades finlandesas", admitindo ser essa "uma questão que tem sido conversada e que continuará a ser conversada".

"Temos uma excelente relação com a Finlândia, uma relação que é muito profícua e continuamos a conversar", acrescentou António Mendonça Mendes, declarando que "quando e se houver novidades" serão anunciadas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.