Praia da Vitória aposta no alargamento da época balnear este ano

Praia da Vitória aposta no alargamento da época balnear este ano

 

AO Online   Economia   2 de Jun de 2018, 11:38

No concelho da Praia da Vitória a época balnear iniciou-se a 1 de junho e termina a 15 de setembro.

O autarca Tibério Dinis adiantou na sessão de abertura da época balnear na passada sexta feira, no Porto Martins, que a edilidade escolheu prazos alargados para o decurso da época balnear. 

“O Município da Praia da Vitória aposta na valorização das zonas balneares, reforçando a qualidade, segurança e vigilância das mesmas. A Cidade é envolvida por um extenso areal, assim como as freguesias e Vila dispõem igualmente de zonas balneares que dão uma importante dinâmica nesta altura do ano”, referiu o responsável municipal.

“O alargamento da época balnear que se inicia hoje, 01, engloba cinco das oito zonas balneares existentes no Concelho, nomeadamente a Praia Grande, Praínha, Biscoitos, Escaleiras e Porto Martins. Devido à carência de nadadores-salvadores certificados, não foi possível garantir a totalidade de espaços abertos. No entanto, nos próximos dias, antes de 15 de junho, conseguiremos garantir a abertura de todas as zonas balneares”, referiu o autarca.

“O facto de sermos o Concelho da Região Autónoma dos Açores com mais bandeiras azuis em zonas balneares confirma a qualidade das nossas águas, a segurança e a vigilância que, até 15 de junho, estará também presente nas restantes três zonas balneares, designadamente Riviera, Quatro Ribeiras, e piscina da Caldeira. A segurança destes locais envolve um investimento na ordem dos 90 mil euros, mediante um protocolo assegurado com a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória”, adiantou Tibério Dinis.

A época balnear varia de zona para zona, decorrendo o início entre 1 de junho e 1 de julho e o término entre 31 de agosto e 14 de outubro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.