PR russo exprime solidariedade e apela à luta contra terrorismo

 PR russo exprime solidariedade e apela à luta contra terrorismo

 

Lusa/AO Online   Internacional   15 de Jul de 2016, 09:15

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, exprimiu hoje a sua solidariedade com a França após o atentado de Nice, que fez 84 mortos, qualificando o ataque como um "ato bárbaro" e apelando à "luta contra o terrorismo".

"A Rússia está solidária com o povo de França neste dia difícil", escreveu o Presidente russo num telegrama para o seu homólogo francês, François Hollande, segundo o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

"Partilhamos completamente a dor pelas mortes de um grande número de pessoas, possivelmente incluindo crianças", acrescentou.

O atentado em Nice, sul de França, na quinta-feira à noite, fez pelo menos 84 mortos e 18 feridos continuam em estado considerado crítico, segundo o balanço mais recente do Governo francês.

Um homem lançou um camião sobre uma multidão na avenida marginal da cidade de Nice, a Promenade des Anglais, que na quinta-feira assistia a um fogo-de-artifício para celebrar o dia nacional de França.

As autoridades francesas consideram estar perante um atentado terrorista e o Presidente da França, François Hollande, anunciou o prolongamento por mais três meses do estado de emergência que vigora no país desde o ano passado.

A autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

O condutor do camião disparou várias vezes antes de ser abatido pela polícia, disse o presidente da região de Provence-Alpes-Cote d'Azur, Christian Estrosi.

Por outro lado, uma fonte próxima da investigação, citada pela agência noticiosa AFP, indicou que foi encontrada uma granada “inoperacional” no interior do camião de 19 toneladas, a par com “uma série de falsas caçadeiras”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.