PR dedica jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica ao setor do mobiliário

PR dedica jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica ao setor do mobiliário

 

Lusa/AO Online   Nacional   29 de Jun de 2015, 07:33

O Presidente da República realiza hoje a 5.ª jornada do "Roteiro para uma Economia Dinâmica", desta vez dedicado às indústrias da madeira e do mobiliário e centrado nos concelhos de Paredes e Paços de Ferreira.

"Foi um setor que sofreu muito com o recuo do mercado interno", explicou fonte da Presidência da República.

Contudo, acrescentou, nos últimos anos tem conseguido recuperar e voltar a crescer, reorientando parte do negócio para o mercado externo.

"O objetivo destas empresas é crescer e abrir canais", sublinhou a fonte, apontando como "grande desafio" para o futuro uma maior cooperação dentro do próprio setor, no sentido de uma "conjugação coletiva de esforços".

Pouco mais de um ano depois da 1.ª jornada do "Roteiro para uma Economia Dinâmica", o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, escolheu agora os setores da madeira e do mobiliário para ‘mostrar' como "a economia está a crescer".

O programa da 5.ª jornada vai começar logo pela manhã, com a inauguração do Museu do Design de Mobiliário de Paredes, onde estará patente uma exposição das duas edições do "projeto Duets - Art on Chairs", e com a inauguração da incubadora para o design de mobiliário de Paredes e das Residências Criativas de Paredes.

A meio da manhã, a comitiva visitará a Aleal, uma empresa fundada em 1975 em Paredes e que conta atualmente com 70 colaboradores. Depois de ter obtido reconhecimento como uma empresa de mobiliário clássico, em madeira de mogno, hoje foca a sua produção em peças soltas, mobiliário de sala de jantar e quartos.

Antes do almoço, o Presidente da República passará ainda pela ABrito, igualmente em Paredes, empresa fundada há 45 anos e que tem também cerca de 70 colaboradores. O mercado do "mobiliário de lar" e para hotelaria são as principais apostas da ABrito, que exporta para Espanha, França, Alemanha, Itália, Reino Unido, Rússia, Malta, Angola, Cabo Verde, Moçambique, Arábia Saudita e Polónia.

À tarde, já no concelho de Paços de Ferreira, o chefe de Estado irá visitar a Sarimóveis, fundada há apenas 15 anos e que emprega atualmente 50 trabalhadores. A empresa especializou-se principalmente nos segmentos contemporâneo e clássico, assim como no fabrico de peças de mobiliário auxiliar.

Ainda em Paços de Ferreira, o Presidente da República terá oportunidade de visitar a empresa Luís Nunes da Silva, que se dedica ao fabrico de sofás, e à loja "Móveis Henrique", empresa que foi distinguida em 2014 com o prémio PME Excelência e se dedica a vários segmentos de mobiliário, do clássico ao contemporâneo.

A 5.ª jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica irá terminar no Centro de Formação Profissional das Indústrias da Madeira e Mobiliário, em Paredes, onde será assinado um protocolo entre esta autarquia, a câmara de Paços de Ferreira, a Associação Empresarial de Paredes e a Associação Portuguesa das Indústrias de Mobiliário e Afins para a dinamização de um ‘cluster' de mobiliário.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.