Monarquia

PPM quer referendo à República


 

Lusa / AO online   Nacional   11 de Jan de 2010, 14:01

O Partido Popular Monárquico (PPM) quer começar em Fevereiro, com recurso à Internet, a recolher as assinaturas necessárias para levar a Assembleia da República a discutir a possibilidade de ser convocado um referendo à República.
Em declarações à agência Lusa, o líder do PPM, Nuno da Câmara Pereira, manifestou-se convicto de que, quando arrancar a recolha "on-line" de assinaturas, acessível aos portugueses "aquém e além-fronteiras", "vai ser uma bomba".

"Vamos avançar com uma subscrição pública, com a recolha de assinaturas, e vamos apresentá-la à Assembleia da república, que vai ser obrigada a discutir. Com quatro mil assinaturas são obrigados a discutir esta questão no seio do hemiciclo (…) presumo que vai arrancar para o mês que vem", disse.

E acrescentou: "Quando pusermos isto ´on-line´ sabemos que vai ser uma bomba".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.