PPM indica dia 16 de outubro como melhor data para regionais dos Açores


 

Lusa/AO Online   Regional   28 de Jun de 2016, 14:57

O Partido Popular Monárquico indicou hoje o dia 16 de outubro como a melhor data para a realização das eleições para a Assembleia Regional dos Açores, que vão ocorrer no outono.

 

"O PPM acha que deve ser dia 16 de outubro, para deixar passar o período de férias e o início das aulas e para se poder fazer uma campanha elucidativa", afirmou Gonçalo da Câmara Pereira, vice-presidente da comissão política nacional do Partido Popular Monárquico (PPM).

Gonçalo da Câmara Pereira, que falava no final de uma audiência com o Presidente da República, que recebe hoje e quarta-feira os partidos os partidos com assento parlamentar na Assembleia Legislativa Regional dos Açores com vista à marcação das eleições no arquipélago, disse ainda que a perspetiva do PPP é aumentar o seu eleitorado.

"Esperamos aumentar, duplicar ou triplicar o eleitorado", referiu o vice-presidente do PPM, que nas últimas eleições regionais, a 14 de outubro de 2012, conseguiu um mandato.

De acordo com a lei eleitoral da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, "o Presidente da República marca a data das eleições dos deputados à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores com a antecedência mínima de 60 dias", em caso de eleições ordinárias, como serão as próximas.

"As eleições realizam-se, normalmente, entre o dia 28 de setembro e o dia 28 de outubro do ano correspondente ao termo da legislatura", refere ainda a legislação.

Nas últimas eleições regionais, a 14 de outubro de 2012, o PS elegeu 31 dos 57 lugares na Assembleia Legislativa dos Açores, enquanto o PSD, o maior partido na oposição, conquistou 20 mandatos. O CDS tem três deputados no parlamento regional, enquanto BE, PCP e PPM conseguiram um mandato cada.

Nos Açores, onde o PS governa há 20 anos, há nove círculos eleitorais, coincidentes com cada uma das ilhas, e um círculo regional de compensação.

Esta tarde, além do PPM, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai ainda receber o PCP e o BE. Na quarta-feira serão recebidos os restantes partidos com assento no parlamento regional: CDS, PSD e PS.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.