Portugueses são os que mais acreditam que pior da crise ainda está por vir

Portugueses são os que mais acreditam que pior da crise ainda está por vir

 

Lusa/AO online   Nacional   27 de Jul de 2012, 11:43

Os portugueses são quem mais acreditam na Europa que o pior da atual crise ainda está por vir, segundo um Eurobarómetro hoje divulgado em Bruxelas.

De acordo com os números hoje conhecidos, 78 por cento dos portugueses pensa que o cenário atual se irá deteriorar ainda mais, o valor mais elevado de todos os Estados-membros da União Europeia (UE) e acima das médias dos 27 e da zona euro: 60 e 61 por cento, respetivamente.

Em matéria de desemprego, os portugueses são também os mais pessimistas, com apenas 16 por cento a acreditar que o cenário mais negro já foi vivido, valor abaixo dos 30 por cento de média da UE e 29 por cento da zona euro.

O Eurobarómetro, referente à primavera deste ano, diz ainda que mais de 8 em cada 10 europeus pensam os Estados-membros da UE deviam trabalhar de forma mais próxima no combate à crise, e mais da metade considera que a UE vai tornar-se mais forte e robusta a longo prazo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.