Conjuntura

Portugueses aumentam consumo e reduzem poupanças

Portugueses aumentam consumo e reduzem poupanças

 

Lusa / AO online   Economia   12 de Jan de 2010, 14:07

A projecção do Boletim Económico de Inverno do Banco de Portugal estima que os portugueses voltem a aumentar o consumo em 1 por cento, este ano, acelerando para os 1,6 por cento em 2011, reduzindo, assim, a taxa de poupança.
A evolução de 1 por cento em 2010 e de 1,6 por cento em 2011 "representa uma aceleração do consumo privado, com particular incidência na componente de bens duradouros, que apresenta um comportamento tipicamente pró-cíclico e com elevada volatilidade", escreve o Banco de Portugal no Boletim Económico de Inverno.

No documento, divulgado esta tarde, afirma-se que "não obstante as limitações impostas pela manutenção de uma situação desfavorável no mercado de trabalho e pelo aumento progressivo das taxas de juro ao longo do horizonte de projecção, o crescimento do consumo deverá ser superior ao do rendimento disponível, implicando uma redução da taxa de poupança para níveis próximos dos prevalecentes em 2008".

Assim, conclui o Boletim divulgado esta tarde pela instituição liderada por Vítor Constâncio, "no que diz respeito ao rendimento disponível em termos reais, perspectiva-se uma redução em 2010 seguida de uma aceleração em 2011, em linha com o perfil projectado para as remunerações do trabalho".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.