Emigração

Portuguesa condenada em Inglaterra por casamento fictício


 

Lusa/AO online   Nacional   15 de Set de 2010, 18:33

Uma mulher portuguesa foi condenada a dois anos de prisão por ter contraído casamento fictício com um nigeriano, em Bristol, Inglaterra, na sequência de uma investigação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras inglês, anunciou esta quarta-feira a Embaixada Britânica.
Segundo uma informação da Embaixada Britânica em Lisboa, a cidadã portuguesa Gisela Khan, de 29 anos, foi condenada, a 10 deste mês, a dois anos de prisão por um juiz de Bristol por ter casado ficticiamente com o nigeriano Aliu Onilewura, que vai cumprir a mesma pena.

Recorrendo a documentos falsos, fizeram-se passar por Michael David e Gisela Rosa junto da paróquia de All Hallows, em Easton.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.