Jogo de preparação

Portugal vence Camarões (3-1) na despedida da Covilhã

Portugal vence Camarões (3-1) na despedida da Covilhã

 

Nuno Filipe Ortega-Lusa/AO Olinle   Futebol   1 de Jun de 2010, 21:53

A selecção de futebol de Portugal venceu hoje a dos Camarões, por 3-1, no segundo jogo particular de preparação para o Mundial da África do Sul, disputado na Covilhã
Portugal derrotou hoje os Camarões, por 3-1, no segundo jogo de preparação para o Mundial2010 de futebol, melhorando a imagem deixada no nulo frente a Cabo Verde, há oito dias atrás.

Com Raul Meireles em plano de destaque, ao apontar os primeiros dois golos, aos 32 e 46 minutos, Portugal foi uma equipa mais coesa e mais agressiva e forte defensivamente, à exceção do golo de Webo, aos 69, que interrompeu uma série de sete encontros sem sofrer.

Contudo, o momento da noite estava guardado para os 81 minutos, com um grande golo de Nani, um “chapéu” perfeito ao guarda-redes Kameni, num encontro marcado pela expulsão de Samuel Eto’o logo aos 33 minutos.

Em relação ao jogo com Cabo Verde, a selecção portuguesa apresentou-se com três alterações, com as entradas de Duda, Raul Meireles e Simão para os lugares de Fábio Coentrão, Miguel Veloso e Nani.

Num final de tarde muito quente na Covilhã, a “equipa das quinas” mostrou-se mais agressiva sobre a bola do que contra os cabo-verdianos, com destaque para Deco, muito mais activo.

Mas, ofensivamente, a equipa ia vivendo da inspiração do “mágico” e das arrancadas de Cristiano Ronaldo, que teve duas boas ocasiões para marcar, aos 14 e aos 17 minutos, mas na primeira perdeu a bola e na segunda permitiu a defesa de Kameni.

Na resposta ao segundo lance, os Camarões tiveram a sua primeira oportunidade, mas Bruno Alves evitou o remate de Choupo-Motting, após passe de Emana.

Portugal acabaria por marcar, aos 32 minutos, após uma boa combinação da direita, com Simão a cruzar para a entrada da área, onde Raul Meireles rematou colocado.

Na sequência do lance, a grande estrela dos Camarões, Samuel Eto’o, que se juntou à equipa há dois dias, viu um amarelo por protesto e no recomeço do jogo viu o segundo, após uma entrada muito dura sobre Duda.

Já a jogar em superioridade numérica, Portugal voltou a ter uma boa oportunidade, num novo remate de Ronaldo, para defesa de Kameni.

Ao intervalo, Carlos Queiroz fez três alterações, testando Cristiano Ronaldo a ponta de lança. Mas acabaria por ser Raul Meireles a bisar logo no primeiro minuto, com um cruzamento que acabou por sair directo à baliza.

Após a saída de Eto’o, os Camarões tornaram-se menos perigosos no ataque e Eduardo só teve de se aplicar, aos 52 minutos, defendendo para canto um remate de Choupo-Motting.

Aos 55 e 66 minutos, os defesas camaroneses evitaram que Portugal aumentasse a vantagem, primeiro com Nkoulou a evitar o remate de Danny e depois Assou-Ekotto a cortar em cima da linha um remate de Nani.

Apesar do domínio claro de Portugal, os Camarões acabaram por reduzir, aos 69 minutos, por Webo, que saltou no meio dos dois centrais portugueses e marcou após um cruzamento de Assou-Ekotto, um dos melhores da equipa africana.

Portugal acabaria por “matar” o jogo aos 81 minutos, com um grande golo de Nani, que, a passe de Cristiano Ronaldo, fez um “chapéu” de belo efeito a Kameni.

Já em período de descontos, Nani e Danny, este de forma incrível, falharam o quarto golo de Portugal.

A selecção vai agora beneficiar de um dia de descanso e apenas volta a treinar quinta e sexta-feira, no Estoril, partindo para a África do Sul no sábado.

Portugal vai disputar o Grupo G da fase preliminar, com as selecções da Costa do Marfim, Coreia do Norte e Brasil.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.