Defesa

Portugal vai reduzir "substancialmente" contingente no Kosovo


 

Lusa/AO online   Nacional   5 de Nov de 2010, 11:04

O ministro da Defesa adiantou que na próxima primavera Portugal irá reduzir “substancialmente” o seu contingente de 300 militares na missão da NATO no Kosovo, acompanhando a decisão tomada recentemente pela organização.
Falando aos jornalistas no final de uma audiência na comissão parlamentar de Defesa, Augusto Santos Silva recusou adiantar qual será a forma que assumirá a participação portuguesa na missão da KFOR após esta redução, referindo apenas que haverá “uma redução muito significativa, acompanhando a dimensão da redução ao nível global da KFOR, que está prevista para a próxima rotação da força portuguesa, na primavera”.

“A decisão portuguesa, que é pública, é a de acompanhar a redução da KFOR quando ela ocorrer”, frisou, notando que a decisão tomada pelo Conselho do Atlântico Norte (NAC, em inglês), na semana passada, foi de reduzir para metade os quase dez mil militares que possui no Kosovo, dentro de quatro meses.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.