Portugal foi o maior fornecedor de produtos a Cabo Verde em 2017

Portugal foi o maior fornecedor de produtos a Cabo Verde em 2017

 

Lusa/AO online   Economia   28 de Mar de 2018, 14:05

Portugal continuou a ser o maior fornecedor de produtos a Cabo Verde no ano passado, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), num ano em que as importações do país aumentaram.

Segundo os dados provisórios do comércio externo apurados pelo INE, no ano passado Portugal representou 42,9% do total das importações cabo-verdianas, uma diminuição em relação ao ano anterior, que foi de 46,5%.

A Espanha ocupou o segundo lugar na estrutura das importações de Cabo Verde com 12,6% do total, seguida de países como Itália (6,1%), China (5,4%), Países Baixos (4,6%), França (3,8) ou Bélgica (3,5%).

O continente europeu continuou a ser o principal fornecedor de produtos a Cabo Verde, com 78,8% do montante total das importações do país, contra 79% do ano anterior.

No ano passado, as importações de Cabo Verde aumentaram 16,1%, concluíram os dados provisórios do comércio externo do INE.

No período em análise, os produtos provenientes de África aumentaram 43,3%, tal como aconteceu com os da Ásia (22,2%) e América (5,2%), enquanto para o resto do mundo as importações do país diminuíram 9,9%, em comparação com ano anterior.

Relativamente às exportações de Cabo Verde, no período em análise diminuíram 19,1%.

Segundo o INE, mesmo tendo aumentado 5,9% em relação a 2016, no ano passado Portugal continuou a estar no segundo lugar dos países de destino dos produtos de Cabo Verde, com 24,8% do total.

A Espanha continuou a ser o principal país de destino das exportações de Cabo Verde, com 70,8% do total em 2017, concluiu o INE.

Tradicionalmente, a maior parte dos produtos exportados de Cabo Verde para Espanha estão relacionados com o setor pesqueiro.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.