Comércio

Portugal é o segundo país da Europa onde mais se usam cartões de pagamentos

Portugal é o segundo país da Europa onde mais se usam cartões de pagamentos

 

Lusa/AO online   Economia   21 de Ago de 2012, 12:09

Portugal é o segundo país da Europa onde mais se usam os cartões de crédito e débito nas operações de pagamento, segundo números do Banco Central Europeu (BCE).

Em 2010 - últimos dados disponíveis - 68 por cento do total de transações efetuadas em Portugal concretizaram-se através do uso de cartões. De acordo com os dados do BCE, só a Dinamarca (69 por cento) tinha uma proporção superior.

O diário "Público" revela hoje que, a partir de 01 de setembro, a cadeia de supermercados Pingo Doce vai deixar de aceitar pagamentos com cartões Multibanco e de crédito em compras com valor inferior a 20 euros. Para muitos dos clientes do Pingo Doce, regressar a operações com dinheiro ou cheques será uma novidade.

No final do ano 2000, havia 91 mil terminais de pagamento automático em Portugal; no ano passado, havia 274 mil, segundo o Banco de Portugal.

Ainda no ano passado, os portugueses tinham 10 milhões de cartões de débito ("cartões multibanco") e 9,3 milhões de cartões de crédito. Este valor significa que, em média, cada português tem dois cartões de pagamento ativos.

Em 2010, segundo dados do BCE, o valor médio por pagamento com cartões foi 45,86 euros por operação.

A limitação de pagamentos com cartões de crédito e débito a valores acima dos 20 euros, prevista pelo Pingo Doce a partir de setembro, vai prejudicar a segurança e comodidade dos consumidores, disse o à Lusa secretário-geral da DECO.

“Todas as medidas tomadas pelos comerciantes para restringir este tipo de pagamentos não vêm num bom sentido para os consumidores, porque estes vão passar a ter de transportar mais dinheiro. Portanto, em termos de segurança e de comodidade, não são medidas boas para os consumidores”, afirmou Jorge Morgado.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.