Indústria

Portugal e mais quatro países europeus vão propor reindustrialização da UE

Portugal e mais quatro países europeus vão propor reindustrialização da UE

 

Lusa/AO Online   Economia   9 de Dez de 2012, 18:11

Portugal e mais quatro países europeus vão propor a reindustrialização da Europa na reunião do Conselho da Competitividade da União Europeia (UE), que decorre na segunda-feira, disse à Lusa fonte oficial do Ministério da Economia.

O grupo, que inclui os ministros europeus responsáveis pelas pastas da Economia e da Indústria de Portugal, Espanha, França, Itália e Alemanha, considera que chegou o momento de a UE inverter o ciclo de deslocalização de empresas e perda de emprego na Europa, pelo que irá propor a reindustrialização europeia. Esta proposta tem sido dinamizada pelo ministro da Economia e do Emprego português, Álvaro Santos Pereira, em cooperação com o ministro da Indústria espanhol, José Manuel Soria, adiantou a mesma fonte. O grupo inclui também os ministros italiano Corrado Passera, francês Arnaud Motebourg e o vice-chanceler da Alemanha Philipp Rösler, que acumula o cargo de número dois do Governo alemão com a pasta da Economia. "Os cinco ministros têm vindo a debater em privado um conjunto de propostas para promover uma nova política industrial na União Europeia, ao mesmo tempo que preparam um documento conjunto que deverá ser finalizado e tornado público no decurso desta semana", disse. No documento, os cinco responsáveis pelas pastas da Economia justificam "a necessidade de inverter rapidamente o ciclo de desindustrialização da União Europeia". Desde 2008, a UE perdeu três milhões de empregos na indústria e a produção industrial caiu cerca de 10 por cento. O grupo incita os 27 a adotarem novas políticas comuns para atrair investimento perdido nas últimas décadas para os países fora da UE e relançar a competitividade da indústria como principal motor do crescimento e da criação de emprego na Europa nos próximos anos. Estes temas serão apresentados e debatidos na segunda-feira, em Bruxelas, na reunião do Conselho da Competitividade da UE, onde estarão representados os 27 países da União. Os ministros promotores da iniciativa têm agendado hoje um jantar em privado, em Bruxelas, no qual participará o comissário Antonio Tajani, responsável pela pasta da Indústria na Comissão Europeia.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.