Pontilha quer jovens atores a integrarem novo projeto

Pontilha quer jovens atores a integrarem novo projeto

 

Miguel Bettencourt Mota   Cultura e Social   8 de Jan de 2018, 11:12

Este sábado, entre as 10h00 e as 12h00, no Teatro Ribeiragrandense, a Pontilha vai estar a promover uma aula aberta de teatro.


O intuito daquela associação cultural e desportiva da Ribeira Grande é o de encontrar jovens atores, entre os 16 aos 25 anos, para integrarem o próximo projeto e pretende também dar a conhecer os seus objetivos a médio e longo prazo.

A Pontilha convida, por isso, todos os interessados a participarem na aula, que será conduzida por André Melo.

Em nota de imprensa, o grupo de teatro informa que a aula aberta será gratuita e que não é necessário ter-se experiência para se participar nela. Contudo, recorda que as inscrições são limitadas, devendo ser realizadas através do email apontilha@gmail.com

A Pontilha existe há cerca de 30 anos e já levou a cena espetáculos como o ‘Papão e o Sonho’, de José Jorge Letria; ‘O Segredo da Abelha’, de Ricardo Alberty; 'Ivone, a princesa da Borgonha', de Witold Gombrowicz com encenção de Pedro Penim; 'O Jardim das Pessoas Futuras', encenação de Maria Simões; 'SOMNIUM', de André Melo; 'A PROCURA', concepção e encenação de André Melo e "SER PESSOA", a partir de Fernando Pessoa, uma criação de André Melo e Maria João Gouveia.

Ao longo dos anos o grupo trabalhou com Gina Tocchetto, António Terra, Pedro Penim, Belarmino Ramos, Rafaela Salvador, Sandra José, Maria Henrique, Rodrigo Saraiva, Pedro Giestas, Filipe Crawford e Mariana Lemos. Já pisou os palcos de todos os teatros dos Açores e, em 2004, representou Portugal no Festival de teatro Infanto-juvenil de Toulouse, França.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.