Ponta Delgada acolhe I Fórum do Livro em abril

Ponta Delgada acolhe I Fórum do Livro em abril

 

Lusa/Açoriano Oriental   Regional   21 de Fev de 2017, 16:26

A primeira edição do Fórum do Livro, que decorre em Ponta Delgada, nos Açores, de 21 e 23 de abril, quer "expandir a açorianidade" através da divulgação de livros, autores, conferências e exposições.

"Vamos divulgar os livros e os autores açorianos durante três dias de festa, ajudar a expandir a açorianidade e promover a leitura", afirmou José Ernesto Resendes, da editora açoriana Publiçor/Letras Lavadas, que organiza a iniciativa com a Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, RTP/Açores e Câmara de Ponta Delgada.

Na apresentação do evento, José Ernesto Resendes destacou que da programação fazem parte seis painéis temáticos de reflexão e debate com 25 autores regionais, uma conferência literária, uma mostra bibliográfica, uma exposição didática de produção editorial e outra de "livros especiais".

"Por exemplo, entre os livros especiais vamos ter um que mede 1,68 metros, precisamente as medidas do autor, e outros que contaram com a colaboração de artistas locais", revelou o editor.

Está também prevista a realização de uma mostra retrospetiva de edições açorianas, dado que o evento vai assinalar o Dia Mundial do Livro, comemorado a 23 de abril.

Para a diretora da Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, Iva Matos, só unindo esforços é possível conquistar novos leitores, pelo que a instituição "está sempre de portas abertas para eventos que promovam a cultura e, em particular, o livro e a leitura".

Iva Matos adiantou que durante este fórum, que designou de festa do livro, vai ser inaugurada uma exposição, "com caráter didático, para mostrar a todas as gerações como se faz um livro", que estará patente ao público na biblioteca até junho.

De acordo com a diretora da instituição, a festa começa no rés-do-chão e vai estender-se ao auditório e zona infantil da biblioteca, contando ainda com uma oficina didática.

O presidente da Câmara de Ponta Delgada, José Manuel Bolieiro, considerou que este evento, "pioneiro na cidade e na ilha", valoriza a identidade cultural, os autores e livros açorianos.

"Este é um momento pioneiro e um primeiro passo para a promoção do livro, criatividade dos autores e da nossa identidade cultural", afirmou José Manuel Bolieiro, acrescentando que durante o fórum a avenida marginal e algumas ruas do centro histórico estarão decoradas com elementos para promover o evento.

Já o subdiretor de conteúdos da RTP/Açores, Vítor Alves, assegurou que a televisão e rádio públicas vão produzir programas sobre o fórum.

Do programa fazem parte, também, uma conferência inaugural a cargo do antigo reitor da Universidade dos Açores António Machado Pires e debates sobre a edição/comercialização de livros na região, crítica literária, e sobre obras de fotografia e pintura, entre outras temáticas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.