Políticas para Agricultura, Pescas e Ambiente geram longo debate

Políticas para Agricultura, Pescas e Ambiente geram longo debate

 

Lusa/AO online   Regional   22 de Nov de 2012, 14:05

A discussão em torno das políticas para as áreas da Agricultura, Pescas e Ambiente, originou um longo debate, com intervenções de quase todos os partidos com assento parlamentar.

Cláudio Lopes, do PSD, manifestou a sua preocupação com o futuro dos 60 lavradores que depositam leite na LactoPico, uma fábrica de laticínios que parece não ter viabilidade financeira e que não paga à produção há mais de seis meses.

Luís Silveira, do CDS/PP, entende que o programa do Governo apresenta algumas "incongruências", por exemplo, em relação ao transporte de produtos açorianos, como ananás de São Miguel, que é vendido na ilha de origem a 1,79 euros/kg, ao passo que um consumidor em São Jorge, já paga 4,99 euros por cada kg.

Zuraida Soares, do Bloco de Esquerda, questionou o Governo sobre se pretende abandonar a política de reciclagem dos resíduos, para viabilizar a construção de duas incineradoras nas ilhas de São Miguel e da Terceira, opção com a qual o seu partido não concorda.

Luís Viveiros esclareceu que o que está previsto construir no arquipélago "não são incineradoras", mas sim "unidades de valorização de resíduos não recicláveis", mas garantiu que esse investimento, da responsabilidade dos municípios, vai mesmo avançar.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.