Políticas comunitárias devem adaptar-se às realidades específicas das RUP


 

Lusa / AO online   Regional   6 de Mai de 2010, 18:53

O Governo Regional dos Açores espera que o memorando conjunto que será assinado na sexta-feira nas Canárias entre as Regiões Ultraperiféricas e os estados-membros que as integram permita adaptar as políticas europeias às suas realidades específicas.
“A nossa esperança é que o documento valorize as nossas potencialidades e chame a atenção da Comissão Europeia para a necessidade de políticas que garantam a igualdade de oportunidades dos cidadãos das Regiões Ultraperiféricas em relação aos restantes cidadãos europeus”, afirmou André Bradford, secretário regional da Presidência.

André Bradford, que se encontra nas Canárias para representar o executivo açoriano na reunião ministerial que decorre na sexta-feira, alertou que “a aplicação cega de princípios pensados para todos os europeus, por vezes é injusta para as Regiões Ultraperiféricas (RUP)”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.