Campanha Eleitoral

Políticas ambientais e abstenção preocupam Livre/Tempo de Avançar nos Açores


 

Lusa/AO Online   Regional   21 de Set de 2015, 13:53

O cabeça de lista da candidatura Livre/Tempo de Avançar pelos Açores, Pedro Alves, defendeu hoje o combate à abstenção e apontou as questões relacionadas com o ambiente e o turismo como prioridades do partido no arquipélago.

O partido Livre/Tempo de Avançar concorre pela primeira vez às eleições legislativas, a 04 de outubro, com candidatos em todos os círculos eleitorais.

No caso dos Açores, o candidato Pedro Alves sublinhou, em declarações à Lusa, que um dos objetivos "é também combater a abstenção", que nas últimas legislativas, na região, andou na casa dos 60%, uma percentagem que disse ser "elevadíssima".

“O nosso grande objetivo é ajudar a conseguir combater a abstenção. Envolver mais pessoas e que estas sintam que o sistema político não está perdido e que é possível fazer diferente quando nós, cidadãos, chegamos à luta”, defendeu o candidato, formado em Psicologia.

Pedro Alves referiu ser preciso conhecer a razão que conduz a elevados níveis de abstenção, salientando que o Livre/Tempo de Avançar aposta num trabalho coletivo para mostrar que "há outro modo de fazer política" e incutir "mais honestidade e mais transparência ao debate político, para que se debatam os temas verdadeiros".

"É preciso falar das coisas difíceis e das coisas que doem e hoje em dia, sobretudo aqui nos Açores, o ambientalismo é uma grande preocupação porque se está a pensar explorar o mar açoriano. São coisas que não estão a ser faladas e poderão ter um impacto enorme na nossa vida", declarou.

O candidato afirmou ainda que se assiste na região a grandes investimentos na área do turismo, vendendo as ilhas como um destino de natureza "única e preservada", enquanto há políticas que não se coadunam com essa imagem, como "a pesca indiscriminada de tubarões" ou a montagem de uma incineradora na Terceira, "sem se saber o real impacto" do investimento.

Ainda a dar os primeiros passos na sua implantação no arquipélago, o Livre/Tempo de Avançar tem conseguido, no entanto, captar a atenção do eleitorado, que "vai gostando da ideia do projeto", segundo o cabeça de lista pelos Açores.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.