Polícia tailandesa procura cúmplices do suspeito do atentando em Banguecoque


 

Lusa/AO Online   Internacional   19 de Ago de 2015, 07:35

As autoridades tailandesas investigam a existência de possíveis cúmplices que ajudaram o suspeito do ataque da passada segunda-feira no centro de Banguecoque, quando uma bomba explodiu, matando 20 pessoas e ferindo 123, indicou a polícia.

As câmaras de segurança do recinto religioso onde foi colocado o explosivo captaram um jovem que abandonou uma mochila, onde se acredita que estava escondida uma bomba.

“Suspeitamos que ele é o autor (…) Também procuramos outros suspeitos com ligação à explosão. Este tipo de ataques não é geralmente planeado por uma só pessoa”, indicou Prawut Thawornsiri, porta-voz da polícia nacional.

As autoridades não precisaram se o principal suspeito é tailandês ou estrangeiro.

Até à manhã de hoje ninguém tinha reivindicado a autoria do ataque.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.