Polícia Marítima resgatou 58 migrantes no mar Egeu

Internacional /
Imigrantes ilegais, Lampedusa

619 visualizações   

A Polícia Marítima resgatou hoje de madrugada 58 migrantes que se encontravam à deriva num bote de borracha no mar Egeu, enquanto tentavam fazer a travessia entre a costa da Turquia e da Grécia, informou a força se segurança.
 

Este é o segundo resgate em dois dias que a Polícia Marítima portuguesa efetua na Grécia, num total de 104 pessoas salvas esta semana, refere a polícia em comunicado.

Do total dos resgatados esta madrugada, oito pessoas eram crianças e 50 adultos, dos quais 17 mulheres e 33 homens, oriundos do Afeganistão (quatro), Iraque (uma), Camarões (três), Kuwait (nove), Costa do Marfim (duas), Eritreia (oito), Nigéria (uma), Serra Leoa (uma), Irão (três) e Congo (26).

A embarcação foi avistada pela Viatura de Vigilância Costeira (VVC) da Polícia Marítima que, após ter chegado ao local onde se encontrava o bote, o rebocou para o porto de Skala Skamineas, na Grécia.

A equipa da Polícia Marítima portuguesa encontra-se em missão na ilha grega de Lesbos até final de outubro, integrada na missão POSEIDON 2017, no âmbito da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira – FRONTEX, num exercício destinado ao controlo e vigilância das fronteiras marítimas e combate ao crime transfronteiriço.