Polícia Judiciária de Macau investiga morte de menina e pai após salto de prédio


 

Lusa/AO online   Internacional   7 de Ago de 2017, 12:12

A Polícia Judiciária de Macau disse estar a investigar a morte de um homem e da filha de dois anos, encontrados junto a um edifício residencial em Coloane.


À Lusa, a PJ disse acreditar que o homem saltou do edifício, apesar da investigação ainda estar a decorrer, mas desconhece se o homem atirou a filha ou se saltou com ela ao colo.

O incidente aconteceu no domingo após um violento conflito conjugal num apartamento do complexo residencial One Oasis, na ilha de Coloane.

De acordo com a emissora pública de Macau TDM, o homem atacou a namorada, mãe da menina, com uma faca, causando-lhe ferimentos nas costas, pescoço e braços.

No decorrer da agressão, a mulher fugiu para a entrada do prédio e foi aí, segundo a própria, que viu o namorado cair.

O homem foi encontrado morto, enquanto a menina foi enviada ainda com vida para o hospital, mas não sobreviveu.

Em comunicado divulgado hoje, os Serviços de Saúde indicaram que "um incidente de queda em altura" causou a morte de "um homem no local e o envio de uma criança de dois anos de idade" para as urgências do Centro Hospitalar Conde de São Januário.

De acordo com o diagnóstico preliminar, a criança mostrava perda excessiva de sangue, lesões funcionais físicas e após sujeita a todos os esforços de reanimação "foi confirmada a morte", acrescentou.

A mulher, de 35 anos, "encontra-se em estado satisfatório", estando em observação e tratamento no hospital, indicou o comunicado dos Serviços de Saúde de Macau.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.