Nova Iorque

Polícia investiga roubo de obras de Andy Warhol e Lichtenstein


 

Lusa/AO online   Internacional   24 de Dez de 2010, 11:21

Obras de arte criadas por Andy Warhol e Roy Lichtenstein avaliadas em centenas de milhares de euros foram roubadas de um apartamento em Nova Iorque, anunciou esta sexta-feira a polícia.
De acordo com as autoridades, o roubo terá acontecido num apartamento em Manhattan enquanto o proprietário estava fora durante o período das celebrações de Natal.

Além das obras de arte desapareceram outros objectos de valor como relógios e jóias

As obras de arte roubadas incluem trabalhos de Roy Lichtenstein como "Thinking Nude" e "Moonscape", um quadro a óleo de Carl Fudge, intitulado "Live Cat", e de Andy Warhol "The Truck", "Superman", além da série "Camouflage", composta por oito serigrafias assinadas pelo artista.

Ao todo o roubo foi avaliado em 750 mil dólares (cerca de 570 mil euros).

Ainda segundo a polícia, o autor do roubo terá feito um buraco numa parede e teve o cuidado de levar um gravador de vídeo ligado a câmaras de vigilância.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.