Polícia britânica investiga morte de família portuguesa em Londres

Polícia britânica investiga morte de família portuguesa em Londres

 

Lusa/AO online   Internacional   10 de Mar de 2018, 09:10

A polícia britânica está a investigar um homicídio de uma mulher perto de Londres, cujo marido e filhos, de nacionalidade portuguesa. também foram encontrados mortos.


A investigação foi lançada no início da semana depois de a mulher, de cerca de 40 anos, ter sido encontrada morta na própria casa em Twickenham, com lesões de arma branca, na segunda-feira pelas 18:00.

Alertada para o caso, a Polícia Metropolitana de Londres deslocou-se ao local e iniciou diligências urgentes para encontrar o marido, de 57 anos, e os filhos, de sete e dez anos.

A polícia do condado de Sussex descobriu os corpos de um homem e dois meninos a 140 quilómetros de distância, em Birling Gap, uma área à beira-mar, perto de Eastbourne, no sul de Inglaterra.

Mesmo sem ter identificação formal, a polícia suspeitou imediatamente que seriam a família da vítima, tendo recuperado o automóvel perto do local.

Birling Gap, conhecido pelas falésias brancas de calcário, é uma área frequentada por turistas e também cenário frequente de suicídios.

Embora as averiguações continuem, a polícia indicou que não fez qualquer detenção relacionada com o caso nem que procura qualquer responsável, o que faz entender que as mortes estão relacionadas.

Contactada pela agência Lusa, uma fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas adiantou que o homem e os dois filhos tinham nacionalidade portuguesa, mas que a mulher não é de origem portuguesa, estando ainda a ser verificado se adquiriu a nacionalidade.

A fonte lamentou estas “mortes muito trágicas”, mas escusou-se a avançar mais comentários sobre o caso, afirmando que foi entregue às “autoridades competentes”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.