Polícia abre fogo sobre manifestantes na Costa do Marfim


 

Lusa / AO online   Internacional   19 de Fev de 2010, 16:28

A polícia da Costa do Marfim abriu esta sexta-feira fogo sobre manifestantes na cidade de Gagnoa provocando pelo menos três mortos e mais de uma dezena de feridos, disseram representantes de partidos da oposição.
Uma fonte da polícia de Gagnoa, a cerca de 200 quilómetros a noroeste de Abidjan (capital económica do país), confirmou a existência de vítimas mortais sem precisar o número.

Gildas Konan, coordenador do movimento da juventude do Partido Democrático da Costa do Marfim (PDCM), um dos principais partidos da oposição no país, disse que "a polícia carregou sobre os manifestantes e disparou balas verdadeiras".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.