Poder local é "parceiro fundamental" do Governo dos Açores

Poder local é "parceiro fundamental" do Governo dos Açores

 

Lusa/AO online   Regional   13 de Out de 2014, 16:23

O presidente do Governo dos Açores destacou o papel de "parceiro fundamental" do poder local para o desenvolvimento do arquipélago, algo que gostaria de fortalecer e mereceu o apreço do presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP).

 

“O poder local democrático é no caso concreto dos Açores, ou também nos Açores, para ser mais correto, um parceiro fundamental para o Governo Regional no desenvolvimento das políticas que pretendemos pôr em prática”, afirmou Vasco Cordeiro aos jornalistas, após uma audiência com o presidente da Associação Nacional dos Municípios no Palácio de Santana, em Ponta Delgada.

Para Vasco Cordeiro, o “espírito de parceria” que ao longo dos anos tem sido construído entre o Governo Regional e o poder local (Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia) “fala por si” e é um “trajeto e objetivo" que quer continuar e que "seja fortalecido”.

Reconhecendo o trabalho dos municípios no sentido de serem parte integrante no desenvolvimento da região e do país, Vasco Cordeiro recordou que no próximo período de programação financeira (até 2020) os Açores contam e contarão com as câmaras municipais como parceiras para concretizar objetivos definidos.

Nos Açores, distribuídas por nove ilhas existem, 19 câmaras municipais.

Também o presidente da Associação Nacional de Municípios, Manuel Machado, registou “com apreço o esforço e ação de cooperação significativa entre o Governo Regional e os municípios dos Açores”.

“Registamos com apreço que as coisas assim ocorram e vamos tomando conhecimento de realidades próprias de cada espaço, de cada região”, afirmou Manuel Machado no final da audiência com o chefe do executivo açoriano.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.