Irão

PM israelita pede à comunidade internacional "sanções paralisantes"


 

Lusa / AO online   Internacional   9 de Fev de 2010, 17:06

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, apelou esta terça-feira à comunidade internacional para adoptar “sanções paralisantes” e imediatas contra o Irão devido ao controverso programa nuclear.
“Eu penso que o que é preciso no presente, é uma acção dura pela parte da comunidade internacional”, declarou Netamyahu durante um encontro em Jerusalém com os embaixadores dos países da União Europeia (UE).

“Isso significa não sanções moderadas ou pequenas. Isso quer dizer sanções paralisantes e essas sanções devem ser aplicadas imediatamente”, adiantou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.