Política

Plano "nem motiva um carreiro de formigas atrás de uma migalha"

Plano "nem motiva um carreiro de formigas atrás de uma migalha"

 

Lusa/AO online   Regional   29 de Nov de 2011, 11:33

O PSD/Açores considerou que o plano de investimentos proposto pelo executivo regional socialista para 2012 “nem motiva um carreiro de formigas atrás de uma migalha” e criticou especialmente a actuação do secretário regional da Economia na área do turismo.
“Este plano fecha um ciclo medíocre para a economia açoriana, um ciclo medíocre para o desempenho da Secretaria Regional da Economia”, afirmou o deputado regional social-democrata Jorge Macedo, para quem “medíocre é a nota máxima para classificar o conjunto de erros básicos, atrapalhações, hesitações e insucessos”.

Jorge Macedo, que falava no plenário da Assembleia Legislativa durante a discussão das propostas do Plano e Orçamento para 2012, dedicou particular atenção ao sector do turismo, considerando que os Açores, “por via do preço das passagens, estão mais longe dos mercados emissores”.

Nesse sentido, destacou os resultados negativos ao nível do número de dormidas e dos proveitos totais da hotelaria, defendendo que “falta coragem política para assumir que o preço do transporte aéreo para os Açores é um escândalo e está a estrangular o turismo”.

Jorge Macedo salientou a necessidade de “trocar a promoção turística amadora por uma política de promoção capaz de acrescentar notoriedade ao destino Açores”, considerando que, apesar de ter 10 milhões de euros por ano para a promoção turística, o executivo regional “não consegue dar um bom motivo” para os turistas escolherem este destino.

O secretário regional da Economia, Vasco Cordeiro, e a bancada parlamentar do PS, que apoia o executivo, não fizeram qualquer intervenção em plenário em resposta ao PSD/Açores.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.