PJ desmantela grupo de burlões e falsificadores de cheques

PJ desmantela grupo de burlões e falsificadores de cheques

 

Lusa/AO Online   Nacional   4 de Jun de 2010, 12:10

A Polícia Judiciária anunciou hoje o desmantelamento de um grupo de burlões e falsificadores de cheques na zona da Grande Lisboa e sul do país, que culminou na detenção de cinco pessoas.

No âmbito da operação “Fraude Final” foram também realizadas várias buscas a casas e a um stand de automóveis, na zona da Grande Lisboa e no sul do país, adianta a PJ.

As investigações, que já duravam há vários meses, incidiram sobre a actividade de um grupo que com recurso à falsificação de cheques e à emissão de ordens de transferência falsas conseguiram apropriar-se de cerca de 250 mil euros, que correspondem a quase 50 por cento dos valores que tentaram ilicitamente obter (cerca de 460 mil euros).

“Os cheques falsificados eram previamente furtados do interior de correspondência depositada em marcos de correio”, refere a PJ, acrescentando que o dinheiro, “ilicitamente obtido”, era retirado das “contas beneficiadas através de terminais de POS [para pagamento com cartões bancários] instalados” nos estabelecimentos de três dos detidos, que ficcionando compras tentavam “dar uma aparente justificação legal aos movimentos”.

Os cinco detidos já foram presentes a tribunal, tendo dois ficado em prisão preventiva e os restantes com a obrigação de apresentações periódicas às autoridades policiais.

A PJ também apreendeu dinheiro, documentação comprovativa das fraudes, uma máquina de POS instalada no estabelecimento comercial de um dos detidos e duas armas de alarme.

A Polícia Judiciária vai prosseguir com a investigação para apurar “a verdadeira extensão da actividade desenvolvida por este grupo”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.