Somália

Piratas libertam superpetroleiro grego Maran Centaurus


 

Lusa / AO online   Internacional   18 de Jan de 2010, 10:33

Piratas somalis libertaram esta segunda-feira o superpetroleiro grego Maran Centaurus, um dia depois da entrega de um resgate de milhões de dólares, segundo um responsável do braço queniano do Programa de Assistência aos Marinheiros.
"Está livre e prepara-se para partir de" Harardhere, um antro de piratas situado a 300 quilómetros ao norte de Mogadiscio, declarou Andrew Mwangura, em Mombassa (sudeste do Quénia).

Mwangura precisou que o navio, ancorado desde há várias semanas em Harardhere, necessita de manutenção antes de voltar a navegar.

Fontes próximas dos piratas, no local, precisaram que os bandidos deixaram o navio hoje e soltaram a tripulação de 16 filipinos, nove gregos, dois ucranianos e um romeno.

No domingo, segundo as fontes, um resgate, no valor de entre 5,5 e sete milhões de dólares, foi lançado por helicóptero sobre o navio, que transporta o equivalente a dois milhões de barris de crude.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.