Pesca de atum-rabilho arranca hoje com mais 20% de capturas autorizadas


 

Lusa/AO Online   Economia   26 de Mai de 2015, 13:59

A temporada de pesca do atum rabilho começou hoje no Mediterrâneo e Atlântico Leste e pela primeira vez desde 2006 as capturas autorizadas aumentaram em 20%, devido à recuperação progressiva dos 'stocks', anunciou a Comissão Europeia.

Até 24 de junho, os grandes cercadores com rede de cerco com retenida são autorizados a pescar atum-rabilho. da União Europeia (UE) são autorizados a pescar 9,372 toneladas de atum rabilho, num total de 910 navios e 12 armadilhas.

Participam nesta pescaria navios de oito Estados-membros da UE: Portugal, Espanha, França (estes dois, com a maior quota), Itália, Grécia, Malta, Chipre e Croácia).

Os navios que capturam os peixes vivos para fins de criação vão partilhar 61% da quota total da UE.

A pesca de atum rabilho com armadilhas (20% da quota da UE) à linha já começou no início deste ano.

O aumento da quota de pesca de atum rabilho deve-se às provas científicas que indicam uma recuperação das unidades populacionais desta espécie, protegida por um plano de recuperação desde 2006.

A Comissão Internacional para a Conservação dos Tunídeos do Atlântico (ICCAT, na sigla inglesa), que regulamenta a pesca do atum-rabilho, entre outras espécies, decidiu aumentar a quota anual de pesca para as 16.142 toneladas em 2015, as 19.296 toneladas em 2016, e as 23.155 toneladas em 2017.

O Japão – onde é consumido em ‘sushi’ - é o destino de cerca de 80% das capturas europeias.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.