Peritos da UNESCO examinam estado da zona arqueológica de Pompeia


 

Lusa/AO online   Internacional   2 de Dez de 2010, 16:55

Três inspectores da UNESCO chegaram esta quinta-feira a Pompeia, em cuja área arqueológica ocorreram mais desmoronamentos na terça e na quarta-feira.
Os peritos do Centro para o Património Mundial e do Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios (ICOMOS) vão examinar o estado de conservação deste lugar que é Património da Humanidade, na sequência do alarme causado pelo colapso do edifício da Casa dos Gladiadores (Schola Armaturarum), no início de Novembro, e da ruína de mais edifícios nos últimos dias, segundo o jornal La Reppublica.

A missão dos peritos é, segundo informou a própria UNESCO, "identificar potenciais ameaças noutras estruturas de Pompeia e possíveis medidas, incluindo a criação de dispositivos legais e de gestão para evitar futuros incidentes".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.