PT/Brasil

Perfil de risco da empresa mantém-se inalterado com entrada na Oi


 

Lusa / AO online   Economia   13 de Ago de 2010, 18:40

A agência de notação financeira Standard & Poor's reafirmou esta sexta-feira o 'rating' da Portugal Telecom (PT) considerando que a venda da Vivo reforça o perfil da empresa, o qual não é comprometido pela anunciada entrada na Oi.
A Standard & Poor's mantém a dívida de longo prazo em BBB e a dívida de curto prazo em A-2, ficando em ‘outlook’ estável em vez de “perspectivas negativas”.

“A decisão reflecte a nossa crença de que os 7,5 mil milhões de euros que a PT vai receber com a venda da sua participação na holding Brasilcel irá reforçar o perfil financeiro do grupo num nível adequado ao dos 'ratings' existentes”, disse o analista Xavier Buffon, da Standard & Poor's, em comunicado.

Para a agência de notação, o perfil financeiro da PT continuará sólido, mesmo depois de “o grupo completar a anunciada transacção com o grupo Telemar”, ou seja, pela compra de 22,38 por cento do capital da operadora Oi por 3,65 mil milhões de euros.

“Na nossa opinião, a substituição da posição na Vivo pela do grupo Telemar não irá afectar dramaticamente o perfil de risco da PT”, acrescentou a agência de rating.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.