Peregrinos a pé aconselhados a seguir recomendações das autoridades


 

Lusa/AO Online   Nacional   30 de Abr de 2017, 11:22

O assistente espiritual do Movimento da Mensagem de Fátima, entidade que coordena a assistência aos peregrinos a pé, aconselhou hoje os fiéis que se deslocam a pé para o Santuário de Fátima a seguir as recomendações das autoridades.

“O maior conselho que dou aos peregrinos é que façam uma peregrinação em paz, procurando ter uma certa confiança que ao longo da estrada vão ter aquele apoio que necessitam e recomendava que procurassem respeitar todas as normas que lhes são dadas pelas autoridades, para que o trânsito nem complique ninguém, nem os complique a eles”, afirmou à agência Lusa o padre Manuel Antunes.

O responsável insistiu no respeito pelas “normas que são dadas para o caminhar numa estrada”, mas também para os peregrinos “terem os cuidados necessários com a saúde” e, até, com o vestuário e calçado que usam.

“Tudo isto é bom ter em conta porque a peregrinação, assim, torna-se melhor”, afiançou o sacerdote, considerando que se o peregrino “cumprir as normas que lhe são indicadas e se souber viver uma peregrinação tranquila, em paz, ele chega aqui a Fátima menos cansado e com outro espírito”.

Na página oficial na Internet da visita do papa a Fátima, em http://www.papa2017.fatima.pt, constam diversos conselhos para os peregrinos.

“Em termos resumidos, recomenda-se que os peregrinos, depois de escolherem o percurso a fazer e antes de se fazerem ao caminho, se prepararem fisicamente, sobretudo através de caminhadas mais curtas e da imersão dos pés em água quente e sal”, lê-se no ‘site’.

Referindo ser fundamental “levar calçado confortável para caminhar, nunca escolhendo calçado novo, e usar meias brancas, de algodão, sem costura, roupa de algodão, larga, clara e com mangas, agasalhos para a noite, protetor solar, óculos de sol, chapéu e guarda-chuva, entre outros”, a mesma fonte destaca ser de “evitar a utilização de tecidos sintéticos”.

Água em quantidade, frutos secos e açúcar devem fazer parte do farnel do peregrino, cujo percurso escolhido para Fátima deve ser feito por vias secundárias, evitando os itinerários principais e complementares.

“(…) A caminhada deve ser feita em fila indiana e pela berma da estrada, de preferência com coletes refletores que assinalem bem, à distância, a presença do peregrino, tanto de dia como de noite, e no sentido inverso ao do trânsito”, adianta, pedindo que as reuniões em grupo dos peregrinos sejam feitas fora da estrada “nunca na berma”.

Já “as bebidas alcoólicas, antes e durante as caminhadas, devem ser evitadas, bem como as refeições pesadas”, sendo que a opção deve recair por “refeições leves e mais frequentes”.

“Nas paragens para descanso, é recomendável colocar os pés mais altos do que a cabeça. Entre outras recomendações, [o peregrino] deve dormir pelo menos seis horas e manter uma higiene mínima”, acrescenta a página oficial da peregrinação do papa Francisco.

No Santuário de Fátima, o posto de acolhimento aos peregrinos a pé vai estar aberto a partir das 15:00 de 09 de maio, podendo as pessoas usufruir, de forma gratuita, de dormida (em salões e tendas militares) e de refeições.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.