Pena de 14 anos para abusador de criança que morreu

Pena de 14 anos para abusador de criança que morreu

 

Ana Paula Fonseca   Regional   29 de Jun de 2016, 00:00

Pena de 14 anos para abusador de criança que morreu, é a manchete do Açoriano Oriental. Tribunal de Ponta Delgada condenou um homem a 14 anos de prisão por abuso sexual agravado de um bebé de 2 anos, que acabou por morrer em dezembro de 2015. Um crime "chocante e repugnante", segundo juiz

Homenagem a médico alemão que viveu em São Miguel; Duches pagos nas zonas balneares de Ponta Delgada; Obra de pioneiro da arquitetura moderna em livro; Suspeita de crime na morte de mãe e filho encontrados carbonizados numa viatura; Novo ano letivo começa a 14 de setembro e em 2015 SATA Rallye gerou 14 ME de impacto económico, são outros títulos de capa

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.