Pelo menos três mortos devido a tempestade de neve no norte do Japão

Pelo menos três mortos devido a tempestade de neve no norte do Japão

 

Lusa/AO online   Internacional   18 de Dez de 2014, 10:02

As fortes tempestades de neve que estão a atingir o norte do Japão provocaram pelo menos três mortes e causaram graves interrupções dos transportes na ilha de Hokkaido, informou a estação de televisão pública NHK.

 

Duas potentes frentes de baixa pressão afetam, desde quarta-feira, a ilha de Hokkaido e o norte da ilha de Honshu – a principal do país – arrastando nevões e fortes ventos, segundo a Agência Meteorológica do Japão (JMA).

O temporal poderá ser, de acordo com a JMA, um dos mais intensos no norte do arquipélago nipónico dos últimos anos.

O organismo prevê que durante as próximas horas se continue a registar até 120 centímetros de neve em algumas zonas e ventos que podem alcançar os 160 quilómetros por hora.

Pelo menos três pessoas morreram em acidentes de viação provocados pelo gelo, neve ou avalanchas, duas das quais na prefeitura de Hokkaido e outra em Hiroshima (oeste), detalhou a NHK.

Em áreas montanhosas de Hokkaido, as autoridades locais retiraram cerca de uma centena e meia de pessoas que ficaram isoladas pela neve. Aproximadamente 20 mil casas ficaram sem eletricidade entre terça e quarta-feira, informou a elétrica local Hokkaido Electric Power.

O temporal também levou ao encerramento de 1.200 escolas na prefeitura e ao corte de diversos troços de autoestradas, estradas regionais e locais.

O serviço de comboios, que liga à sua capital – Sapporo – a outras zonas do país, foi suspenso na noite de quarta-feira, à semelhança do que sucedeu com outras linhas ferroviárias e de alta velocidade (Shinkansen) no noroeste de Honshu.

Além disso, quase uma centena de voos domésticos – a maioria a partir de Hokkaido – foram suspensos hoje, segundo a NHK.

Na quarta-feira, mais de 420 voos, incluindo internacionais, foram cancelados devido ao temporal, que também obrigou um avião da American Airlines, que estabelecia a ligação entre Seul e Dallas (EUA), a fazer uma aterragem de emergência em Tóquio por causa de graves turbulências.

A Agência Meteorológica do Japão mantém hoje o nível de alerta em grande parte do norte, centro e oeste do Japão devido aos fortes ventos, intensos nevões e ondulação, advertindo também para o risco de ocorrência de avalanchas de neve, deslizamentos de terras, assim como inundações.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.