Pelo menos dois mortos em explosão no hospital pediátrico da Cidade do México


 

Lusa/AO online   Internacional   29 de Jan de 2015, 14:39

Uma explosão de gás destruiu esta quinta-feira um hospital pediátrico na Cidade do México, matando pelo menos duas pessoas e ferindo mais 54 pessoas, incluindo 22 crianças, indicou o presidente da câmara.

 

Os bombeiros estão a remover os escombros da maternidade e do hospital pediátrico, que ruíram parcialmente depois de um camião cisterna com gás ter explodido junto aos edifícios.

“Temos de realizar uma evacuação de segurança, porque muitas das pessoas que aqui estão são bebés na área do berçário”, disse o presidente da câmara, Miguel Angel Mancera, à rádio MVS.

O comandante da proteção civil da capital mexicana, Fausto Lugo, disse que morreram duas pessoas e que é “muito provável” que haja outras soterradas nos escombros.

O autarca indicou também que os feridos não se encontram em estado grave e estão a ser transferidos para outros hospitais.

A televisão mostrou imagens de pessoas com as caras ensanguentadas a serem levadas para ambulâncias. Cerca de 40 por cento do hospital ficou destruído, referiu Mancera.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.