Pelo menos cinco mortos em tiroteio num condado britânico

Pelo menos cinco mortos em tiroteio num condado britânico

 

Lusa/AO Online   Internacional   2 de Jun de 2010, 16:03

Pelo menos cinco pessoas morreram na sequência de disparos efetuados por um homem, de forma aparentemente indiscriminada, em várias áreas do condado de Cúmbria, noroeste do Reino Unido, informou hoje o primeiro ministro britânico, David Cameron.

“A Câmara de Comuns está alarmada e em choque perante os acontecimentos ocorridos (hoje) esta manhã no condado de Cúmbria, onde morreram pelo menos cinco pessoas”, afirmou o chefe de Governo, na primeira intervenção durante a sessão semanal de perguntas ao primeiro ministro no parlamento.

Cerca de 25 pessoas também ficaram feridas no tiroteio.

O primeiro ministro britânico assegurou, na mesma intervenção, que o governo “fará tudo o que for possível para ajudar a comunidade local e as pessoas afetadas”, prometendo manter a Câmara de Comuns informada sobre novos dados.

Cameron reservou ainda algumas palavras para as famílias das vítimas mortais e dos feridos.

A polícia divulgou, entretanto, que terá encontrado o corpo do presumível autor dos disparos numa zona de floresta do condado.

O suspeito, identificado como Derrick Bird, de 52 anos, abriu fogo em 11 locais diferentes da região conhecida como região dos lagos e uma das mais turísticas do país.

De acordo com a polícia, o suspeito fugiu inicialmente de carro em direção ao sul, tendo depois abandonado o veículo numa zona rural e prosseguido a pé.

Mais tarde, as forças de segurança divulgaram que tinham encontrado um cadáver numa zona florestal.

“A polícia encontrou uma arma no local e está a trabalhar para confirmar oficialmente a identidade da vítima e o nome das pessoas feridas e mortas”, referiram as forças policiais, em comunicado.

O tiroteio começou numa rua da localidade de Whitehaven, segundo a polícia do condado, que pediu à população de outras zonas, como Egremont e Seascale, para permanecerem nas respetivas casas até novas indicações.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.