China

Pelo menos 42 mortos no incêndio em torre residencial em Xangai


 

Lusa/AO online   Internacional   15 de Nov de 2010, 17:24

Pelo menos 42 pessoas morreram no incêndio numa torre residencial de 28 andares no centro de Xangai, anunciou a agência Nova China, num novo balanço do desastre.
O anterior balanço indicava oito mortos.

O número de feridos, que tinha sido calculado em 90, não foi agora precisado, adianta a Nova China, referindo que o novo balanço, divulgado pouco depois da meia-noite (16:00 em Lisboa), é do município de Xangai.

Segundo a agência oficial chinesa, o fogo iniciou-se às 14:00 locais (06:00 em Lisboa) em andaimes instalados para obras de renovação do edifício, de 156 apartamentos, mas a causa do incêndio ainda não é conhecida.

Uma hora depois as chamas já tinham arrasado dez andares, indicaram vizinhos.

Um total de 25 brigadas e 61 veículos de bombeiros deslocaram-se para o local e o incêndio foi extinto quatro horas e meia depois do início.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.