Pelo menos 42 civis mortos em ataques aéreos contra a Síria

Pelo menos 42 civis mortos em ataques aéreos contra a Síria

 

Lusa/AO online   Internacional   16 de Mar de 2018, 10:57

Pelo menos 42 civis morreram hoje em raides aéreos contra o enclave rebelde de Ghouta oriental, alvo de uma ofensiva do regime sírio e dos aliados russos, segundo um novo balanço do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A organização não-governamental com sede em Londres atribui os raides à aviação russa.

Só na localidade de Kafar Batna, os ataques mataram 31 civis e feriram uma centena de pessoas, após bombardeamentos semelhantes na localidade de Saqba, onde 11 civis morreram, diz o OSDH.

Desde o dia 18 de fevereiro, quando começou o mais recente ataque das forças sírias e russas contra Ghouta oriental, morreram 1.272 pessoas naquele enclave, entre as quais 252 crianças e 171 mulheres.

Segundo o OSDH, as forças do regime já tomaram 70% do enclave e os rebeldes controlam apenas três setores isolados uns dos outros.

Cerca de 20.000 habitantes saíram da região na quinta-feira, devido aos intensos bombardeamentos, disse o observatório.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.