Pelo menos 23 pessoas de 18 nacionalidades mortas em ataque no Burkina Faso


 

AOnline/LUSA   Internacional   16 de Jan de 2016, 19:00

Pelo menos 23 pessoas de 18 nacionalidades distintas foram mortas no ataque terrorista ao hotel Splendid, em Ouadagoudou, no Burkina Faso, declarou hoje o Presidente, Christian Kaboré, sendo que as operações contra os

De acordo com a agência de notícias espanhola EFE, o chefe de Estado esteve no hotel depois de o exército ter encerrado as operações no local, que foi atacado por membros da Al-Qaida do Magreb Islâmico (AQMI), que se entrincheiraram no local com mais de uma centena de reféns na noite de sexta-feira.

Uma fonte das forças de segurança confirmou à agência de notícias francesa AFP que as operações no hotel foram encerradas esta manhã, mas que as buscas continuam ao redor do hotel Splendid e do café-restaurante Cappuccino.

Quatro ‘jihadistas’, incluindo duas mulheres, foram mortos no ataque, referiu a fonte das forças de segurança à AFP.

Um quinto ‘jihadista’ acabou por fugir e entrou no bar “Taxi Brousse”, localizado ao lado do hotel Iby e do café-restaurante Cappuccino, de acordo com três testemunhas que deixaram o local.

Entre as testemunhas estão duas mulheres e um homem, que foi ferido no ombro por um tiro do ‘jihadista’.

De acordo com a AFP, não houve uma intervenção das forças de segurança neste bar.

O hotel Splendid é geralmente utilizado por funcionários da ONU e por cidadãos ocidentais, sensivelmente os mesmos frequentadores do café-restaurante Cappuccino, localizado em frente ao hotel e também atingido no ataque.

De acordo com fontes oficiais, cento e vinte e seis pessoas, das quais 33 feridas, foram libertadas no cerco das forças de segurança ao hotel Splendid.

O ataque foi reivindicado pela Al-Qaida do Magrebe Islâmico (AQMI), através de combatentes do grupo Al-Murabitun, liderados pelo histórico ‘jihadista’ argelino Mokhtar Belmokhtar.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.