Transportes marítimos

PCP quer gestão "exclusivamente pública" do transporte marítimo no Grupo Central

PCP quer gestão "exclusivamente pública" do transporte marítimo no Grupo Central

 

Lusa / AO online   Regional   9 de Jul de 2010, 15:29

O líder e deputado regional do PCP/Açores, Aníbal Pires, defendeu esta sexta-feira, na Horta, Faial, que a gestão do transporte marítimo de passageiros no Grupo Central do arquipélago deve ser “exclusivamente pública”.
Na conferência de imprensa que encerrou uma visita de três dias à ilha do Faial, Aníbal Pires criticou a actual gestão da empresa Transmaçor, detida parcialmente pelo governo regional, por não cumprir as obrigações de serviço público no transporte marítimo.

“Dos quatro barcos que a empresa tem, dois estão encostados ao cais sem funcionar”, afirmou, acrescentando que “a gestão feita pela Transmaçor é que conduziu a esta situação calamitosa”.

Para Aníbal Pires, se o executivo açoriano não assumir a gestão deste serviço pode estar "em risco" a mobilidade dos cidadãos no Grupo Central, que integra as ilhas Terceira, Graciosa, Faial, Pico e S. Jorge.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.